Tratamento de água

Tratamento de água: porque é importante fazer?

A água cobre 75% da superfície da Terra. Deste total, 97,4% é salgada, e está presente nos mares e oceanos. A água doce, portanto, não chega a 3%, sendo que 90% desse volume corresponde a geleiras e apenas o restante está nos rios, lagos e lençóis subterrâneos. Daí a importância da preservação desse recurso natural.

Para que possa ser consumida, sem apresentar riscos à saúde, a água tem que ser tratada, limpa e descontaminada. Tratamento de água é um conjunto de procedimentos físicos e químicos que são aplicados na água para que esta fique em condições adequadas para o consumo, para se torne potável. O processo de tratamento de água a livra de qualquer tipo de contaminação, evitando a transmissão de doenças.

O tratamento refere-se a remoção de contaminantes e impurezas antes de chegar a casa das pessoas. O processo é necessário devido aos resíduos das substâncias presentes no meio ambiente que podem ser prejudiciais ao homem. Esse tratamento se diferencia de acordo com sua captação. Se for captação em águas subterrâneas, no caso de poços profundos, o tratamento pode ser deixado de lado, porque essa água são filtradas naturalmente pelo solo e se não houver a exposição a agentes poluidores, não serão contaminadas. É necessária apenas a desinfecção com cloro ou outro elemento filtrante.

O primeiro passo para o tratamento é a oxidação para que eles se tornem insolúveis na água e possam ser removidos na segunda etapa. Esta consiste na coagulação das partículas de sujeira por meio de uma mistura de sulfato de alumínio ou cloreto férrico que não são prejudiciais a saúde humana ou animal. Os agente irão juntar os resíduos e transformá-los em flocos e misturados a cal para otimizar o processo e manter o PH da água em níveis aceitáveis pela OGS – Organização Mundial de Saúde. Em seguida os flocos são agitados para ganharem mais consistência e para serem separados.

A próxima etapa consiste na decantação dos flocos, que serão armazenados no fundo dos tanques para a sua retirada. A água ainda passa por uma filtração para retirada das impurezas que ficaram para trás. No caso dos grandes tratamentos de água, os filtros são constituídos de areia, cascalho e antracito e tem a função de reter as partículas restantes. Há ainda a desinfecção por meio da adição de cloro com objetivo de eliminar germes presentes na água, garantindo sua distribuição para os reservatórios, onde passa por uma correção de PH que evita a corrosão dos canos. Por fim ela recebe uma solução de flúor (ácido fluossilícico) que reduz a incidência de cárie dentária.

tratamento adequado previne doenças sérias, como cólera, leptospirose, a cólera e outras ameaças a saúde humana. Além do tratamento é importante sempre consumir a água que vem das torneiras somente filtradas, pois os canos e caixas d’água ainda podem conter agentes prejudiciais a saúde.

Esse é um assunto muito importante pois cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo ainda não possuem acesso a água potável de qualidade. Seja por morarem em regiões com carência de abastecimento, ou por conta da poluição. E mais de 1,8 milhões morrem todo ano por conta de doenças ligadas a água imprópria para consumo. Seja consciente, cuide da sua saúde.

Fonte: www.wmed.com.br – www.infoescola.com

COMPARTILHE

Fechar Menu
×

Carrinho